Atendimento da Secretaria: Segunda a Sexta - 08h às 11h30 / 13h30 às 17h e Sábado 08h ás 12h - Telefone: 3241-2150

Comemoração dos Fiéis defuntos terá três Santas Missas, na Paróquia de Fátima.

 

 

Na próxima segunda, 2 de novembro, a Igreja Católica celebra, em todo o mundo, o Dia dos Féis defuntos. Na Paróquia de Fátima serão celebradas três Santas Missas.

8h – Igreja Nossa Senhora de Fátima

9h – Igreja Santana

10h – Capela São Charbel

No dia de finados, a Igreja concede a indulgência plenária a modo de sufrágio pelos fiéis defuntos. Para alcançar, é requerido a Confissão, a Comunhão Eucarística, a oração segundo as intenções do Papa e a visita ao cemitério ou a uma igreja.

Este ano, devido à pandemia da Covid-19, a Penitenciária Apostólica emitiu um Decreto estendendo, durante todo o mês de novembro, as indulgências plenárias para os fiéis falecidos, com a adequação das obras e condições para garantir a segurança dos fiéis, conforme orientações abaixo.

 

Celebrar a missa três vezes no Dia de Finados

 

Segundo o Decreto, para obter mais facilmente a graça divina através da caridade pastoral, a Penitenciária pede fervorosamente a todos os sacerdotes, dotados das faculdades oportunas, para se oferecerem generosamente para a celebração do Sacramento da Penitência e administrarem a Sagrada Comunhão aos enfermos.

Com relação às condições espirituais para obter plenamente a Indulgência, o organismo vaticano lembra que é preciso recorrer às indicações já emitidas na nota “Sobre o Sacramento da Penitência na atual situação de pandemia”, emitida pela Penitenciaria Apostólica em 19 de março de 2020.

Como as almas do Purgatório são ajudadas pelos sufrágios dos fiéis e especialmente pelo sacrifício do Altar agradável a Deus, todos os sacerdotes são fortemente convidados a celebrar a missa três vezes no dia da Comemoração de Todos os Fiéis Defuntos, de acordo com a Constituição Apostólica “Incruentum Altaris”, emitida pelo Papa Bento XV, em 10 de agosto de 1915.

 Fonte: Site Vatican News 

Colaboração: Carmem Calheiros